1º ano do EF

Toda mudança traz o “frio na barriga” e isso acontece com adultos, jovens e crianças. Esse sentimento pelo desconhecido é comum e passageiro desde que a transição seja cuidada, tendo um olhar especial dos profissionais e familiares.

Cada criança é única, portanto a adaptação será diferente da uma criança para outra. Entretanto, algumas ações dos educadores podem ajudar nesses primeiros dias e é assim que estamos conduzindo os primeiros dias dos alunos que vieram da Educação Infantil.

A professora do 1º ano no Friburgo introduziu um “mascote” nessa turma, um peixe Betta. As crianças escolheram nomes para o peixe e votaram no melhor nome “Azulzinho”. Desde a chegada à aula, as crianças se organizam para alimentar o peixe, trocar a água e cuidar do ser vivo. O peixinho encantou os alunos que questionaram o porquê ele vive sozinho, como ele dorme, quantas vezes pode ser alimentado… O peixe Betta gerou tanta curiosidade entre as crianças que a professora propôs uma pesquisa sobre as características desse peixe. A pesquisa motivou um texto coletivo, no qual a professora foi a escriba. Os pais dos alunos também quiseram conhecer o Azulzinho, pois era o assunto principal levado para casa pelas crianças.

Com todo o carinho da professora, os alunos são recebidos cada dia com uma “novidade”: um jogo diferente, uma aula de culinária com a receita para fazer massinha de modelar, um marcador de livro costurado pela professora, uma pose para foto..

Outra ação para a aproximação das crianças ao novo espaço foi o passeio aos espaços da escola. Os alunos maiores apresentaram os espaços coletivos e explicaram a utilização de cada lugar. Depois, a professora visitou com os alunos do 1º ano outros espaços da escola, como sala da coordenação, secretaria, central de atendimento…

Algumas dinâmicas e muitas brincadeiras estão sendo realizadas para que os alunos se sintam pertencentes ao grupo do 1º ano. No parque os novos baldes e pás, caminhões de areia, bambolês e cordas, ajudam na diversão das crianças e integração ao novo.

E no intervalo, a brincadeira é sempre ao ar livre e eles já estão super habituados a brincar no parquinho de areia onde têm autonomia para criar e se divertir.

2017-02-14-09-28-41 2017-02-14-09-28-29 2017-02-14-09-28-11 2017-02-14-09-27-50 2017-02-14-09-27-48 2017-02-14-09-27-06 2017-02-14-09-26-58 2017-02-14-09-26-53 2017-02-14-09-26-46 2017-02-14-09-25-55

Anúncios